terça-feira, 4 de agosto de 2015

Leitores



As palavras como uma sementeira, uma descoberta de ternura em gestos de espanto.
Ilustrações de André Neves

Sem comentários:

Enviar um comentário